Compartilhar:

Negado pedido de prisão temporária do suspeito de matar criança no réveillon em SP

Eliane Gonçalves

A Justiça de São Paulo negou o pedido de prisão temporária do homem apontado como suspeito de ter matado Arthur Bencid Silva, de 5 anos, com uma bala perdida na noite de ano-novo.

 

O homem chegou a ser preso, mas foi liberado. O delegado responsável pelo caso aguarda resultado do exame de balística.

 

Acompanhe a reportagem e saiba mais.  

Ouça também: 
Chapéu: 
São Paulo
Chamada: 
Negado pedido de prisão temporária do suspeito de matar criança no réveillon
Saiba Mais:
Compartilhar: