História Hoje: Le Corbusier morria há 50 anos como ícone da arquitetura

00:00 Cultura, Programetes 27/08/2015 - 07h30 Brasília Embed

Apresentação Carmen Lúcia

Há 50 anos morreu Le Corbusier – um dos principais precursores da arquitetura moderna. Sua obra contribuiu para a formação do modernismo brasileiro. Ele ficou famoso por trabalhar com o concreto, rompendo a tradição da pedra e do tijolo.

 

Le Corbusier nasceu nos Alpes da Suíça francesa no dia 6 de outubro de 1887. O nome verdadeiro era Charles Édouard Jeanneret. Aos 13 anos entrou para a escola de arte. Aos 20, Le Corbusier realizou uma série de viagens pela Europa Central e pelo Mediterrâneo, incluindo no roteiro cidades como Viena, Munique e Paris. Uma jornada essencial na carreira de Corbusier, principalmente, pela oportunidade de estagiar com Auguste Perret, o pioneiro do concreto armado.

 

Em 1917 passou a viver em Paris. Três anos mais tarde defendeu o purismo na arquitetura em publicações como a revista O Espírito Novo e o livro Em Direção a Uma Arquitetura. No livro, ele definiu as bases do movimento moderno de características funcionalistas.

 

Le Corbusier e o pintor Ozenfant eram os donos da revista O Espírito Novo com a participação de importantes intelectuais. A partir daí, se tornou conhecido entre a vanguarda parisiense. Essa notoriedade contribuiu na realização dos primeiros projetos.

 

Durante viagem à América do Sul, em 1929, Le Corbusier ficou extasiado com a visão das montanhas do Rio de Janeiro e também pela forma sinuosa dos rios quando voou na primeira linha comercial entre Assunção, no Paraguai, e São Paulo, no Brasil.

 

De 1945 a 1949 foi consultor para a reconstrução de cidades destruídas. Durante esse período, junto com Oscar Niemeyer, participou dos estudos para edificação da sede ONU, em Nova Iorque. O arquiteto urbanista Le Corbusier, um dos expoentes da arquitetura moderna, teve um ataque cardíaco e morreu quando nadava numa praia na Riviera Francesa. Ele estava com 79 anos.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.