Exposição em São Paulo reúne obras e narrativas da África e dos negros

02:21 Cultura, Notícias 21/07/2018 - 12h15 São Paulo Embed

Nelson Lin

O museu do MASP e o Instituto Tomie Ohtake em São Paulo abriram neste mês, em parceria, a exposição “histórias afro atlânticas”.

 

São mais de 400 obras de 210 artistas nacionais e internacionais abordando os diversos aspectos da escravização e migração forçada dos negros africanos de seu continente para as Américas.

 

Para Tomas Toledo, curador da mostra no MASP, a exposição é um convite e uma provocação de discussões entre o grande público sobre as populações negras, desde a época da escravidão

 

No MASP, as obras estão divididas em seções temáticas e o curador Tomas Toledo enumerou algumas delas

 

Já museu do Instituto Tohmie Ohtake, traz a mostra “emancipação” com a exposição de obras de insurreições e rebeliões de negros escravizados na América; além mostra “ativismos e resistencias” que retrata parte da grande revolta do Haiti com obras relacionadas às práticas de resistencia à escravidão, ao combate, ao racismo e a luta por direitos civis.

 

A exposições vão até o dia 21 de Outubro, no MASP os ingressos custam  R$ 35, mas a entrada é gratuita às terças feiras. No Instituto Tohmie Ohtake a entrada para a exposição é gratuita em todos os dias da semana.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.