Incêndio causa comoção nos servidores do Museu Nacional no Rio de Janeiro

01:58 Cultura, Notícias 03/09/2018 - 15h12 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

O incêndio que atingiu nesse domingo (2) o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que abriga mais de 20 milhões de peças, incluindo seu maior tesouro, uma múmia de pelo menos 12 mil anos, causou comoção entre os funcionários que estiveram na Quinta da Boa Vista, na zona norte da cidade.


A secretária do Programa de Pós-Graduação em Arqueologia do Museu Nacional, Claudine Borges Leite, chegou por volta das 19h ao local.


Ela afirmou que o fogo já tinha consumido boa parte do prédio histórico e do acervo do departamento em que ela trabalha há 24 anos. Apesar da tristeza, Claudine disse que os servidores farão o que for necessário para tentar recuperar o patrimônio histórico e cultural.


Funcionária há 31 anos do Departamento de Arquivo e Protocolo, Itatiana de Oliveira Macedo explica que o fogo consumiu todo o acervo que ela cuidava.


De acordo com o Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, o rescaldo do incêndio no museu vai durar a semana toda.


O trabalho será lento porque contará com a participação dos funcionários do museu na identificação do que ainda poderá ser resgatado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique