Jungmann garante empenho da PF para desvendar causas do incêndio no Museu Nacional

01:26 Cultura, Notícias 05/09/2018 - 19h41 Brasília Embed

Lígia Souto

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse que a Polícia Federal precisa de mais tempo para identificar o que teria provocado o incêndio que destruiu o Museu Nacional no último domingo. Em evento da Marinha, na Ilha das Cobras, nesta quarta-feira, Jugmann ressaltou, no entanto, que os esforços estão voltados para o caso.

 

Jungmann preferiu não comentar a troca de acusações entre o governo federal e a UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro, que administra o Museu Nacional, sobre recursos para manutenção e investimentos no combate a incêndio.

 

Peritos da Polícia Federal começaram nesta quarta-feira um trabalho de escaneamento do que sobrou da fachada do Museu Nacional. Os agentes pretendem criar uma maquete virtual do prédio em 3D, que será comparada com a estrutura antiga para ajudar a entender como o incêndio começou.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique