Meteorito Angra dos Reis é resgatado de escombros do Museu Nacional

01:13 Cultura, Notícias 22/10/2018 - 18h39 Rio de Janeiro Embed

Ligia Souto

Após o resgate do fóssil mais antigo das Américas, pesquisadores que buscam peças em meio aos escombros do Museu Nacional, na zona norte do Rio , localizaram o meteorito Angra dos Reis. O artefato foi encontrado na última sexta-feira durante as obras de escoramento do prédio, que estão sendo acompanhadas por técnicos do museu. No mesmo dia tinha sido encontrado o crânio de Luzia.

 

De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, o meteorito permaneceu intacto porque estava em um armário de ferro que resistiu ao fogo que atingiu o prédio histórico no início de setembro. O Museu Nacional considera incalculável o valor do meteorito, o único resgatado logo depois de cair na terra sem ser submetido a qualquer intempérie.

 

Para a professora Maria Elizabeth Zucolotto, o Angra dos Reis tem uma importância tão grande que chegou a batizar uma nova classe de meteoritos, chamada de angritos. A peça foi resgatada na cidade de Angra dos Reis, no sul do estado do Rio de Janeiro, próximo à Igreja do Bonfim, em 1869. A maior parte do meteorito, com 70 gramas, está sob guarda do Museu Nacional.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique