Escritoras lideram ranking de livros mais vendidos na Flip 2019

01:42 Cultura, Notícias 16/07/2019 - 11h17 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

As mulheres foram o destaque da edição 2019 da Flip, Feira Literária Internacional de Paraty, que terminou no último domingo (14), na cidade histórica do litoral sul fluminense. 

 

Duas autoras ocuparam o ranking de venda de livros durante os cinco dias do evento.

 

O livro Memórias da Plantação, da escritora portuguesa Grada Kilomba, ficou no topo dos mais vendidos. Foram 648 exemplares.

 

Na sequência,  o romance "Fique Comigo", livro de estreia da nigeriana, Ayobami Adebayo, vendeu 546 unidades.

 

Na lista dos dez mais vendidos estão seis autoras, entre elas as brasileiras Lilia Shwarcz, com “Sobre o Autoritarismo Brasileiro” e Djamila Ribeiro, que assina "Lugar de Fala".

 

Mulheres também foram campeãs de participação no programa principal, que contou ao todo com 42 convidados de 13 nacionalidades, mais da metade, 24, eram autoras.

 

A lista dos mais vendidos da Flip também mostra a representatividade de autores negros e indígenas.

 

Dos cinco livros mais procurados pelo público, quatro são de autores negros estrangeiros, e um do líder indígena brasileiro Ailton Krenak, autor de "Ideias para adiar o fim do mundo".

 

O público da Flip também é crescente.

 

O auditório da matriz, onde acontecem todas as mesas literárias da parte principal da festa, registrou quase nove mil acessos, batendo 2018, quando foram sete mil e 2017 com pouco mais de cinco mil.  Isso sem contar o público dos outros espaços desta que é a mais importante Feira Literária do país.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique