Paraty e Ilha Grande são declaradas Patrimônio Mundial da Humanidade

03:44 Cultura, Notícias 05/07/2019 - 20h49 Brasília Embed

Lígia Souto

A cidade de Paraty e a Ilha grande, na região sul do Rio de Janeiro, acabam de ser declaradas Patrimônio Mundial da Humanidade.

 

O anúncio foi feito pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura durante a reunião anual do comitê da Unesco, na capital do Azerbaijão. O sítio inclui o centro histórico de Paraty e as reservas de Mata Atlântica da região da baía da Ilha Grande, em Angra dos Reis.

 

O prefeito de Angra, Fernando Jordão, viajou a Baku para acompanhar a discussão e comemorou o resultado.

 

O bem é considerado de valor universal a partir de dois principais critérios. Um deles é ser exemplo de preservação das relações culturais e, outro, conter os habitats naturais importantes para a conservação da biodiversidade. Os locais selecionados podem ser classificados como natural, cultural ou misto.

 

O Brasil detém 21 títulos de Patrimônio Mundial da Humanidade, dos quais sete são naturais e, 14, culturais.

 

Esse é o primeiro sítio de patrimônio misto do Brasil, ou seja, que inclui bens culturais e naturais. Paraty é conhecida por suas ruas estreitas de pedra, pelo casario antigo do século 19 e Ilha Grande pela beleza das águas verdes, conjugando, assim, os dois bens.

 

O diretor do Departamento de Patrimônio Material e Fiscalização do Iphan, andrey rosenthal, revela o impacto que o título traz para o país.

 

A inscrição para concorrer à candidatura foi feita pelo governo brasileiro, em 2018, e englobou uma área de 204 mil hectares, com 187 ilhas, áreas de preservação ambiental cortando seis municípios, além de várias comunidades tradicionais.

 

Esta foi a segunda vez que o Brasil apresentou a candidatura de Paraty a patrimônio da humanidade. Em 2009, ao chegar na última etapa da avaliação, a candidatura foi rejeitada. A orientação dada foi reconfigurar a inscrição, com mais elementos, o que levou dez anos para ser concluído.

 

Paraty e Ilha Grande se juntam a outros locais que detêm o título no país. Entre eles, os centros históricos de Ouro Preto (Minas Gerais), Olinda (Pernambuco) e Salvador (Bahia), o Plano Piloto de Brasília, o Parque Nacional do Iguaçu (Paraná) e aqui no Rio de Janeiro, as paisagens cariocas e o Cais do Valongo.

 

O título da Unesco cria um compromisso internacional de preservação do local.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique