Documentário traz imagens inéditas de rituais de matriz africana dos anos 70 e 80

03:15 Cultura, Notícias 26/10/2019 - 12h26 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

Foi a partir da experiência de morar quatro meses em um terreiro na baixada fluminense, muitas outras observações em campo, entrevistas e imagens de rituais que a antropóloga Yvonne Maggie, acumulou um vasto material que já deu origem a livros e inúmeros artigos sobre as religiões de matriz africana no Brasil.

 

Parte desse acervo agora poderá ser conferido em um documentário, com imagens inéditas, que compuseram as pesquisas de Yvonne entre 1970 e 1980.

 

O documentário “Magia e Poder: fronteiras entre o sagrado e o profano” foi realizado pelo Núcleo de Audiovisual e Documentário do CPDOC da Fundação Getúlio Vargas, onde o acervo de Yvonne está depositado.

 

As imagens foram captadas pela própria antropóloga e por seu companheiro e fotógrafo Luiz Alphonsus. Entre os momentos retratados estão festas, cerimônias e o cotidiano de duas mães de santo – Dona Conceição e Dona Dina.

 

Yvonne explica que suas pesquisas foram pautadas pela necessidade de entender essas religiões e as tradições que conformam a sociedade brasileira. Ela aponta que o lançamento do documentário nesse momento, marcado por intolerância religiosa, é mais uma contribuição para a necessária reflexão sobre o país.



Exibido pela primeira vez na sede da Fundação Getulio Vargas (FGV), em Botafogo, zona sul do Rio, o documentário, de 20 minutos, está disponível no Youtube desde sexta-feira (25). Segundo a FGV, o filme faz parte também de um projeto para o desenvolvimento de acervos de mulheres.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique