Festival de Brasília do Cinema Brasileiro começa hoje com exibição de O Traidor

02:55 Cultura, Notícias 22/11/2019 - 17h38 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Começa nesta sexta-feira a 52ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. É o maior festival do cinema nacional e o mais antigo do país.


Começou em 1965, quando se chamava Semana do Cinema Brasileiro. Desde 1967, tornou-se oficialmente um festival. De lá para cá, só não ocorreu nos anos de 1972, 73 e 74, devido a problemas com a censura.


A cineasta e jornalista da TV Brasil Anna Karina Carvalho destacou a relevância do festival para o país.


“Eu acho que é a principal vitrine para o nosso país, que hoje chega a produzir mais de 200 longas por ano. Então mostra um país potente na produção de audiovisual, e o festival de Brasília como um palco para o que está sendo feito em todo o Brasil”.


A programação vai até o outro domingo, dia 1º de dezembro. Longas e curtas-metragens disputam a Mostra Competitiva, a Mostra Brasília e mostras paralelas. Os vencedores da mostra competitiva levam prêmios em dinheiro e o cobiçado e tradicional troféu Candango.


É também uma oportunidade para o mercado audiovisual apresentar novidades ao público. Foi o que explicou Anna Karina.


“O festival de Brasília causa muito medo para a primeira exibição, porque o público é muito crítico. Então costuma ser um bom termômetro antes das estreias”.


O festival começa com a estreia do longa “O Traidor”, do diretor Marco Bellocchio, no Cine Brasília. É uma coprodução ítalo-brasileira que perdeu para “Bacurau” o prêmio da crítica na mostra competitiva do festival de Cannes e foi escolhido pela Itália para disputar a indicação a melhor filme estrangeiro no Oscar.


A cineasta e jornalista da TV Brasil Anna Karina Carvalho conta um pouco sobre o filme de abertura do festival e explica a relação de “O Traidor” com o Brasil.


“Traz a Maria Fernanda Cândido como a esposa do Tommaso Buscetta, que foi o primeiro delator da máfia italiana. É uma história conhecida, mas pouco conhecida pros brasileiros, porque o Tommaso morou no Brasil, e essa parte do filme é passada no Rio de Janeiro. Então é uma honra para a cidade, estar sendo o palco para a primeira exibição de Brasília”.


O tema desta edição é Afirmação do cinema nacional. O objetivo é fazer do festival uma vitrine para o mercado cinematográfico e oferecer a oportunidade para novos negócios. Por isso, o Festival de Brasília vai além da tela grande do Cine Brasília.


A programação inclui atividades para a formação e o aperfeiçoamento de novos profissionais do audiovisual, tanto em Brasília quanto nas regiões administrativas do Distrito Federal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique