Após 23 anos sem levar título, Viradouro é a grande campeã do carnaval carioca

03:52 Cultura, Notícias 26/02/2020 - 21h27 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

Depois de 23 anos de espera e bater na trave no ano passado, ficando em segundo lugar, finalmente a Unidos do Viradouro conquistou o bicampeonato do Carnaval do Rio de Janeiro.

 

A escola de Niterói, cidade da Região Metropolitana, levou para a Passarela do Samba o enredo "De Alma Lavada", desenvolvido por uma nova geração de carnavalescos - Marcus Ferreira e Tarcísio Zanon - que contaram a história das ganhadeiras de Itapuã e com isso exaltaram a cultura baiana e o poder das mulheres.

 

Desde o fim do desfile do Grupo Especial, na madrugada de terça-feira, praticamente todos concordavam: seria o o carnaval mais disputado dos últimos anos. A cada nota, havia uma explosão de alegria para uns, e desânimo para outros.

 

As torcidas foram para as arquibancadas da Praça da Apoteose, no Sambódromo. Já os representantes das escolas ocuparam as mesas na pista, onde anotavam, faziam contas e rezavam. E a expectativa de uma briga acirrada se concretizou: foi décimo a décimo e a definição só saiu no último quesito, a harmonia.


A quadra da escola reuniu milhares de pessoas para comemorar o tão esperao título. No sambódromo, mais emoção de quem trabalhou duro e pode respirar aliviado. Juranda Xavier que assina, juntamente com Christina Gall, a maquiagem da Viradouro, destacou o a união e o esforço de todoa a equipe.

 

Ao ouvir a última nota da escola, já garantindo a vitória, o presidente da Viradouro Marcelinho Calil só querida comemorar.

 

Seis escolas voltam no Desfile das Campeãs. Além da Viradouro, que fechará a noite, Grande Rio, Mocidade Independente de Padre Miguel, Beija Flor, Salgueiro e Mangueira. Foram rebaixadas a Estácio de Sá e a União da Ilha.  Estácio de Sá e União da Ilha, as duas últimas colocadas.


E a Imperatriz Leopoldinense, que já foi campeã do grupo especial oito vezes, retorna à elite do carnaval carioca em grande estilo. Com a reedição do enredo Só da Lalá, de 1981, quando conquistou o título, a escola obteve pontuação máxima em todos os quesitos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique