Copa: denúncias de violência contra crianças cresceram 16%

02:24 Direitos Humanos, Notícias 01/08/2014 - 08h11 Brasília Embed

Julia Cézar Nunes

As denúncias de violações aos direitos de crianças e adolescentes aumentaram quase 16% durante a Copa do Mundo, somando cerca de 11 mil notificações. A pesquisa da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República comparou as denúncias recebidas via Disque 100 no período do mundial e no período da Copa das Confederações, em 2013.


A maior parte das denúncias revelam situações de negligência, violência psicológica, física, sexual e exploração do trabalho infantil. Os estados com o maior número de denúncias foram São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

Para a secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Angélica Goulart, o maior número de denúncias reflete uma resposta as campanhas de conscientização antes e durante a Copa do Mundo.

 

A cientista política Perla Ribeiro, da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente (Ancede), ressalta que ligar para o Disque 100 e fazer a denúncia torna mais visível a violação, mas não garante o atendimento e a solução dos casos.

 

No final deste mês, representantes dos comitês de proteção integral de crianças e adolescentes de todo o país se reúnem em Brasília para consolidar e analisar os dados da Copa. Um novo levantamento deve ser divulgado pela Secretaria Direitos Humanos e a Unicef. As denúncias de violência contra crianças e adolescentes continuam sendo recebidas pelo Disque 100.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique