Ativista defende Dia da Mulher como data política

04:24 Direitos Humanos, Programetes 27/02/2015 - 08h06 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

A jornalista Bia Barbosa , militante pela democratização dos meios de comunicação pela ONG Intervozes e pelo coletivo Mulher e Mídia, acredita que o 8 de Março não deve ser uma data comercial - que tradicionalmente é usada para divulgar produtos como flores, perfumes, roupas e utensílios domésticos. A ativista defende a participação das mulheres nesse dia para reafirmar seus direitos e avançar nas conquistas sociais.

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira.

 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique