MPF quer intervenção em Belo Monte para barrar etnocídio

02:34 Direitos Humanos, Notícias 14/12/2015 - 20h59 Brasília Embed

Ariane Póvoa

A Usina Hidrelétrica de Belo Monte, construída na bacia do Rio Xingu, no Pará, promove a destruição das tradições de povos indígenas que vivem na região. Essa é a conclusão de procuradores da República, responsáveis por investigar e fiscalizar  a implantação da usina.

 

Com base nessas informações e em irregularidades encontradas na implementação do plano básico ambiental da hidrelétrica, o Ministério Público Federal pediu a imediata intervenção judicial em Belo Monte.

 

A Norte Energia informou que não vai se manifestar enquanto não tiver acesso ao teor da ação judicial.

 

De acordo com o procurador da República, Ubiratan Cazetta, a instalação de Belo Monte provoca uma ação etnocida nas nove comunidades indígenas do Médio Xingu.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique