Denúncias sobre preconceito a LGBTs aumentam quase 100%

01:57 Direitos Humanos, Notícias 27/01/2016 - 21h09 Brasília Embed

Kariane Costa

O Disque 100 recebeu mais de 324 mil denúncias de violações de Direitos Humanos em 2015. O preconceito por orientação sexual é um dos dados que mais chamou atenção. Aumentou 94% em comparação ao último relatório. A discriminação contra a população LGBT ocorreu em grande parte na internet, em redes sociais.

 

Intolerância religiosa, abuso financeiro de idosos, trabalho escravo, exploração sexual infantil são outros exemplos de denúncias. Ao todo, 137 mil registros foram encaminhados a órgãos de controle e investigação. Pouco mais de 16 % foram respondidos. O secretário de Direitos Humanos, Rogério Sottili, diz que o número de denúncias encaminhadas e monitoradas é satisfatório.

 

O Estudo mostra também que as denúncias de violência contra criança e adolescente ocupam o primeiro lugar: chegam a 80 mil. Cinquenta e quatro por cento das vítimas são meninas e têm entre quatro e 11 anos e são negras ou pardas. Depois, aparecem as denúncias de violações contra pessoas idosas, com 32 mil e a violência contra pessoas com deficiência.


Desde o início do ano, o Disque 100 também atende denúncias contra o racimo. O serviço funciona todos os dias, 24 horas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique