Inaugurados centros para fortalecer direitos femininos no Rio

02:17 Direitos Humanos, Notícias 08/03/2016 - 15h14 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

No Dia Internacional da Mulher, a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres inaugurou duas Casas da Mulher Carioca. Uma em Madureira, na Zona Norte, e outra em Realengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

Os espaços vão funcionar como centros de cidadania e fortalecimento dos direitos das mulheres.

 

O objetivo da casa é oferecer atividades que ampliem o acesso das mulheres à educação, ao mercado de trabalho e a serviços de saúde e cultura.

 

Segundo a secretária municipal Ana Maria Santos Rocha, essa é uma conquista para o empoderamento das mulheres cariocas, especialmente as que moram em Madureira e Realengo.

 

Para a coordenadora executiva da organização social Cidadania, Estudo, Pesquisa, Informação e Ação, Jacqueline Pitanguy, a casa é importante porque reúne em um mesmo local diferentes serviços para a mulher, inclusive para aquelas que sofreram ou sofrem violência doméstica.


Ainda segundo Jacqueline Pintanguy, no Dia Internacional da Mulher, é preciso refletir sobre os avanços que o Brasil precisa fazer no campo dos direitos reprodutivos da mulher.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique