Desembargador vê risco de retrocesso no combate ao trabalho infantil

02:04 Direitos Humanos, Notícias 11/06/2016 - 12h09 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

Às vésperas do Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, lembrado neste domingo, 12 de junho, o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho do Rio, Mario Sérgio Pinheiro, disse que a tentativa de flexibilização das leis protetivas do trabalho coloca em risco os direitos alcançados para crianças e adolescentes. Segundo ele, no momento de crise em que o país se encontra é necessário “ampliar sistemas de proteção e não reduzir direitos”.

 

 

A declaração foi feita nesta sexta-feira durante seminário de lançamento da campanha contra o trabalho infantil realizado na sede do TRT, no centro do Rio. A campanha faz parte de um conjunto de ações de conscientização sobre o assunto. O tema proposto para este ano pela Organização Internacional do Trabalho aborda o trabalho infantil nas cadeias produtivas, dando visibilidade à existência desse tipo de exploração em diferentes processos e etapas da linha de produção.

 

A procuradora do Trabalho, Dulce Martini Torzecki, ressalta que o trabalho infantil alimenta um ciclo de pobreza e exclusão social.

 

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2014 apontam a existência de mais de 3 milhões crianças e jovens entre 5 e 17 anos de idade trabalhando no Brasil. No estado do Rio, cerca de 92 mil crianças estão nessa situação irregular.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique