Estado do Rio de Janeiro é condenado a pagar indenização à família de Amarildo

00:48 Direitos Humanos, Notícias 12/06/2016 - 15h01 Rio de Janeiro Embed

Carol Barreto

Sete integrantes da família do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, receberão do estado uma indenização no valor de R$ 500 mil reais, além de pensão de 2/3 do salário-mínimo.

 

A decisão é da juíza Maria Paula Gouvêa Galhardo, da 4a Vara de Fazenda Pública da Capital.

 

Amarildo desapareceu em 2013, após ser conduzido por policiais às dependências da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Rocinha.

 

Em sua decisão, a magistrada afirma que não resta a menor dúvida de que houve a ação dos agentes públicos nessa qualidade, na tortura e assassinato da vítima.

 

Esses policiais teriam agido, segundo veredicto da juíza, como criminosos no combate à criminalidade.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique