Entrevista: Conheça Maria da Penha, a mulher e a Lei

10:43 Direitos Humanos, Entrevistas 12/08/2016 - 18h30 Brasília Embed

Andréa Quintiere

A Lei Maria da Penha, que normalmente pune os homens que agridem física ou psicologicamente uma mulher ou a esposa, completou 10 anos no último dia 07.

 

O nome da lei homenageia Maria da Penha Maia Fernandes, que foi vítima de violência doméstica durante 23 anos de casamento.
 

Em 1983, o marido, por duas vezes, tentou assassiná-la.

 

Na primeira vez, com arma de fogo, deixando-a paraplégica, e na segunda, por eletrocussão (morte por descarga elétrica)  e afogamento.

 

Após essas duas tentativas de homicídio, ela tomou coragem e o denunciou.

 

Nesta entrevista concedida à jornalista Andréa Quintiere, que é produtora do programa Revista Brasil, da Rádio Nacional AM, Maria da Penha explica que a mídia ajuda bastante na divulgação do papel da lei , e tem mostrado para as mulheres que o caminho é “denunciar para se livrar da situação de violência e muitas vezes para garantir a sua vida.”

 

No entendimento de Maria da Penha e também na conclusão de muitas pesquisas, os homens são violentos porque foram educados vendo o pai bater na mãe, o avô bater na avó.

 

Desta forma, eles vão para a vida como se estes atos fossem normais.

 

Maria da Penha considera necessário desconstruir para que a cultura machista seja substituída por mais amor, atenção,  respeito e  dignidade para a mulher.

 

Com informações das Rádios EBC

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique