Força-tarefa de defensores analisa situação de detentos do Rio Grande do Norte

02:17 Direitos Humanos, Notícias 20/03/2017 - 09h26 Brasília Embed

Mariana Martins

Termina essa semana a segunda fase do projeto  “Defensores Sem Fronteiras”, que pretende diminuir a tensão nas unidades prisionais do país, analisando a situação de detentos cujas penas já foram cumpridas e, por algum motivo, seguem presos. 

 

A primeira etapa do projeto foi realizada em Manaus, no início de fevereiro, e agora a força-tarefa de defensores atua na penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, que foi palco de rebeliões no início do ano.

 

A segunda fase segue até o dia 24 de março. 

 

O projeto Defensores Sem Fronteiras é uma parceria entre o Colégio Nacional dos Defensores Públicos-Gerais (Condege), Ministério da Justiça e Departamento Penitenciário.