ONG denuncia violência contra ativistas rurais e líderes indígenas no Brasil

02:02 Direitos Humanos, Notícias 18/01/2018 - 16h15 Brasília Embed

Graziele Bezerra

A violência contra ativistas rurais e líderes indígenas envolvidos em conflitos de terra é crescente no Brasil, segundo relatório da Human Rights Watch, divulgado hoje.

 

Em 2016, 61 pessoas envolvidas em conflitos de terra foram mortas de forma violenta. Esse é o maior número anual desde 2003. E de janeiro a outubro de 2017, foram 64 assassinatos, de acordo com a Comissão Pastoral da Terra.

 

O relatório cita a morte de nove trabalhadores rurais, em abril, no estado de Mato Grosso. Promotores afirmaram que um madeireiro ordenou os crimes para expulsá-los da terra.

 

Ainda de acordo com o documento, promotores também investigam denúncias de que garimpeiros mataram pelo menos 10 indígenas em uma região remota da Amazônia em agosto.

 

Segundo a ONG, alterações na legislação brasileira podem contribuir com essa violência. O relatório cita uma lei federal aprovada em julho que concedia títulos a pessoas que, de forma ilegal, ocupavam terras na floresta amazônica.

 

Também lembra da CPI, a Comissão Parlamentar de Inquérito, que em maio pediu o indiciamento de 67 líderes indígenas, antropólogos, servidores públicos e membros de ONGs que defendem os direitos indígenas por supostas fraudes, invasão de terras e associação criminosa.

 

O relatório também avalia que a morte de 10 produtores rurais, em maio do ano passado, no Pará, foram resultado do mau uso da força policial.

 

E relata ainda a intensa migração de venezuelanos para o Brasil. Em 2016, a Polícia Federal registrou mais de 35 mil pedidos de refúgio desses estrangeiros.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique