Justiça nega revogação de prisão a empresário suspeito de chacina de Colniza

01:27 Direitos Humanos, Notícias 08/04/2018 - 11h33 Brasília Embed

Mariana Martins

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido da revogação de prisão preventiva decretada contra o empresário Valdelir João de Souza. Ele é suspeito de mandar matar nove trabalhadores rurais em Taquaruçu do Norte, em Mato Grosso, em abril do ano passado.


O empresário, conhecido como Polaco Marceneiro, está foragido, mas seus advogados solicitaram que ele respondesse o processo em liberdade ou que fosse estabalecidas medidas cautelares ao invés da prisão.


Confira os detalhes com Mariana Martins.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique