Campanha de combate a violência contra idosos é lançada no Maranhão

02:07 Direitos Humanos, Notícias 06/06/2018 - 15h20 Brasília Embed

Maíra Heinen

De janeiro a abril deste ano, a Defensoria Pública do Maranhão recebeu mais de 400 denúncias de violência contra idosos. Em 2017, foram mais de mil e trezentos casos.

 

Centro, São Francisco e Bairro de Fátima são as áreas da capital, São Luís, onde os indicadores de violência contra pessoas com mais de 60 anos de idade são mais elevados.

 

Os números integram um relatório da defensoria, que também aponta a negligência, a exploração financeira e a violência psicológica como os abusos mais frequentes. Quem confirma os dados é a delegada responsável pela Delegacia do Idoso no Maranhão, Igliana Freitas.

 

E a conscientização para a mudança desse cenário deve ser realizada não apenas com o idoso, mas também com a família, como explica a coordenadora de Promoção da Política da Pessoa Idosa da Secretaria de Direitos Humanos no Maranhão, Deborah Lopes Jatahy.


Para tentar mudar esse quadro no estado, a defensoria lançou, nesta semana, a Campanha de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa no estado. O tema é “Violência contra a pessoa idosa: é necessário prevenir, é possível superar”.

A iniciativa integra as comemorações alusivas ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado no dia 15 de junho. 2018 também foi escolhido como o Ano de Valorização à população idosa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique