Violência Doméstica: 90% das vítimas no DF são mulheres entre 18 e 30 anos

01:54 Direitos Humanos, Notícias 07/08/2018 - 16h42 Brasília Embed

Graziele Bezerra

Ceilândia é a região do Distrito Federal com o maior número de ocorrências de violência doméstica, segundo levantamento da Secretaria de Segurança Pública do DF.

 

Só no primeiro semestre deste ano foram 1.161. Número 7% maior que os 1.082 computados no mesmo período do ano passado.

 

Planaltina e Samambaia também tem altos índices de violência doméstica. Além disso, Brasília e Águas Claras estão entre as 10 com mais denúncias de crimes.

 

90% das vítimas de violência doméstica no DF são mulheres, entre 18 e 30 anos. Os principais tipos envolvem violência física, como brigas, homicídios e tentativas de homicídios; violência moral e psicológica, como injúria, difamação e ameaça; além da violência sexual, que inclui estupro tentado e consumado.

 

Todos esses crimes estão previstos na Lei Maria da Penha, que completa hoje 12 anos (nesta terça-feira).

 

A polícia investiga a morte de uma mulher que teria caído do terceiro andar de um prédio na Asa Sul, nessa segunda-feira. O marido da vítima foi preso, suspeito de assassinar a companheira no imóvel do casal.

 

Outro caso que mobilizou a cidade, foi o da funcionária da Secretaria de Direitos Humanos Janaína Romão, morta a facadas pelo ex companheiro, no mês passado.

 

Das 7.169 ocorrências de violência doméstica do primeiro semestre, todos os autores foram identificados. 6% deles foram reincidentes. Ou seja, já haviam agredido as mulheres em outras ocasiões.