Universidade de Mato Grosso investe em segurança para coibir violência no campus

01:38 Direitos Humanos, Notícias 19/09/2018 - 11h29 Brasília Embed

Juliana Cezar Nunes

A Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) adotou nas últimas semanas uma série de normas de segurança para prevenir e combater a violência no campus de Cuiabá.


Universitárias denunciaram casos de assédio e perseguição até mesmo nas paradas de ônibus e banheiros.


As rondas da equipe de segurança comunitária foram intensificadas, especialmente nos horários noturnos. A universidade também busca recursos para a instalação de câmeras.


Erivã Garcia Velasco, pró-reitora de Assistência Estudantil da universidade, afirma que foram registrados dois casos de assédio na Coordenação de Segurança, o que não descarta que tenham ocorrido mais tentativas de violência.


“Pode ser que a gente tenha outras fontes de registro que neste momento ainda não estão sendo agregadas. A exemplo do que pode estar acontecendo nas direções dos próprios cursos ou até em outras instâncias administrativas, mas que nesse momento, como a gente não tem um sistema único, esse registro não aparece. O que não significa que a gente tenha que ficar insensível ou muito menos sem dar resposta a esta questão.”


As denúncias de assédio podem ser feitas na coordenação de segurança da Universidade Federal de Mato Grosso pelo telefone (65) 3615-8065. A instituição também orienta que todas mulheres assediadas ou ameaçadas registrem ocorrência na Polícia Civil para garantir investigação dos suspeitos.