Projetos em municípios do Mato Grosso vão acompanhar famílias que sofrem violência doméstica

01:55 Direitos Humanos, Notícias 31/10/2018 - 13h18 Brasília Embed

Michele Moreira

A partir de cinco de novembro os municípios de Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento, em Mato Grosso, vão contar com dois projetos voltados a reduzir os índices de violência doméstica e familiar contra a mulher.

 

São eles: o Patrulha Maria da Penha e o Serviço Reflexivo para Homens. As duas  iniciativas atendem aos casos que contam com medida protetiva de urgência concedida pela justiça.

 

A ideia é oferecer atendimento a todo o núcleo familiar – incluindo mulheres em situação de violência doméstica e familiar, os homens responsáveis pelas agressões e ainda crianças e adolescentes.

 

Com foco nas mulheres, as ações da patrulha Maria da Penha são voltadas a acompanhar a vítima por meio de visitas periódicas realizadas por agentes de segurança.

 

Já o projeto voltado ao agressor prevê a participação dele em rodas de conversas e palestras semanais no Centro Especializado de Assistência Social como forma de conscientização e responsabilização pelo ato.

 


Para a promotora Regilaine Crepaldi os dois projetos se complementam.

 


De acordo com o Ministério Público Estadual, neste ano até o mês de outubro,  o município de Várzea Grande registrou dois casos de violência contra a mulher. No estado foram 66.