Acnur traça perfil dos estrangeiros que buscam refúgio no Brasil

04:03 Direitos Humanos, Notícias 31/05/2019 - 09h16 Brasília Embed

Renata Martins

Um estudo inédito divulgado pela Acnur, a Agência das Nações Unidas para Refugiados mostra o perfil socioeconômico de estrangeiros que chegam ao Brasil fugindo de guerras e perseguições. Noventa e quatro por cento dos refugiados estão 94% mostra que a maioria veio da Síria, República Democrática do Congo, Angola e Colômbia.

 

 

São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Amazonas e Distrito Federal são as unidades da federação que acolhem a grande maioria desses refugiados.

 

 

Os venezuelanos não aparecem na pesquisa porque o estudo levou em consideração pessoas já reconhecidas como refugiadas, pelo governo brasileiro. E os migrantes venezuelanos ainda não tiveram seus pedidos analisados pelo Conare.

 

O estudo mostra, ainda, que até o fim do ano passado, o Brasil reconheceu mais de 10 mil refugiados de 105 países. Cinco mil e 300 permanecem aqui.

 

Confira os detalhes com Renata Martins. 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique