Anistia elabora carta aberta ao governo com recomendações na área de direitos humanos

01:54 Direitos Humanos, Notícias 21/05/2019 - 16h50 Brasília Embed

Leandro Martins*

A organização não governamental Anistia Internacional divulgou, nesta terça-feira (21) uma carta aberta ao presidente Jair Bolsonaro. A organização afirma que oito medidas e ações do governo federal ameaçam ou violam os direitos humanos.
 

A principal crítica da Anistia Internacional é contra os decretos que flexibilizam a posse e o porte de armas no país. A ONG pede a revogação dos decretos e que a autorização para compra e transporte de armas seja amparada por uma comprovação de necessidade de legítima defesa.
 

A carta da Anistia Internacional também pede mudanças na política para os indígenas e na nova política sobre drogas.

 

Confira detalhes na reportagem.

 

* Com informações de Lucas Pordeus León
** O áudio foi substituído, às 17h50, para inclusão da nota do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique