ABL vai doar livros para criação de bibliotecas em comunidades quilombolas do Rio

02:47 Direitos Humanos, Notícias 13/07/2019 - 10h09 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

A Academia Brasileira de Letras vai doar livros e outros materiais de conhecimento para criação de bibliotecas em comunidades quilombolas do Rio.

 

Nesta semana, o presidente da ABL, Marco Lucchesi, assinou um convênio com o ITERJ, Instituto de Terras e Cartografia do Estado, responsável pela titulação das terras quilombolas, para a formação de bibliotecas nessas comunidades e em escolas que atendem a população.

 

De acordo com levantamento da Fundação Cultural Palmares, o Brasil tem mais de duas mil comunidades quilombolas reconhecidas, das quais 29 estão no Rio de Janeiro.

 

Marco Lucchesi contou que a ideia de levar bibliotecas para as populações quilombolas surgiu após visita em junho passado a quatro quilombos,  que ficam entre os municípios de Araruama e Cabo Frio, na Região dos Lagos.

 

Ele  afirmou que a iniciativa é uma resposta da instituição a  uma dívida praticamente impagável  de muitos séculos com as  demandas desses povos.

 

A ABL é que vai fazer a seleção e doação dos livros e materiais e o Iterj vai identificar as carências existentes.  Ainda segundo o presidente da ABL, todo o conhecimento e tradição dos quilombos serão respeitados na seleção dos livros. 

 

O acordo com o Iterj terá duração de um ano, prorrogável por igual período.

 

A ABL também pretende dar continuidade à aproximação com os povos indígenas, iniciada este ano com a doação de uma estante com livros, CDs e DVDs para a biblioteca da Aldeia Guarani da Mata Verde Bonita, em Maricá, região metropolitana do Rio de Janeiro.

 

A Academia ainda oferece livros às escolas prisionais e também a escolas em áreas vulneráveis da periferia.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique