Pesquisa mostra que 90% das crianças acreditam que escutá-las é importante para combater violência

02:09 Direitos Humanos, Notícias 04/09/2019 - 12h21 Brasília Embed

Marcela Rebelo

A violência contra crianças é um problema global, que transpassa fronteiras, classe, etnia e nível socioeconômico. É o que mostra a pesquisa Small Voices Big Dreams, divulgada nesta quarta-feira (4).

 

Foram ouvidas cerca de 5,5 mil crianças, de 10 a 12 anos, de 15 países, inclusive do Brasil.

 

O levantamento aborda a questão da violência explicada pelas próprias crianças.

 

Mais de 40% acreditam, por exemplo, que elas não estão suficientemente protegidas contra a violência nos países onde moram.

 

Além disso, nove entre dez dos entrevistados avaliam que um fator-chave na prevenção e no combate à violência é quando os adultos reconhecem os direitos das crianças.

 

A pesquisa mostra ainda que 69% rejeitam a violência como um instrumento de educação. E 90% acreditam que, para acabar com a violência, os adultos precisam dar mais amor às crianças e ouvir o que elas têm a dizer.

 

Uma em cada duas crianças entrevistadas disse que, no país onde mora, os adultos não ouvem sua opinião sobre assuntos que são importantes para elas.

 

Para a assessora de Advocacy do ChildFund Brasil, Águeda Barreto, escutar as crianças é fundamental para inverter o fenômeno da violência. 

 

Dados da OMS, Organização Mundial da Saúde, apontam que, por ano, cerca de 1 bilhão de crianças no mundo sofrem algum tipo de violência física, sexual ou emocional – ou são negligenciadas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique