Proibida entrada de novos presos em cadeia pública no Pará

01:39 Direitos Humanos, Notícias 04/11/2019 - 17h28 Brasília Embed

Renata Martins

A juíza estadual Célia Gadotti, da Vara Criminal da Comarca de Tucuruí, determinou no final do mês de outubro, que o Centro de Recuperação Regional do município não poderá receber presos vindos de outras comarcas.

 

A unidade abriga atualmente, 480 detentos – o número é quatro vezes maior que sua capacidade original, que é de 120 presos.

 

A decisão ocorreu após visita da magistrada à cadeia pública e também veda o remanejamento de presos que porventura se encontrem atualmente custodiados em outros estabelecimentos prisionais do estado.

 

Apesar da proibição, a sentença admite o ingresso de novos presos das comarcas de Breu Branco, Goianésia do Pará, Novo Repartimento e Pacajá.

 

Os presos de outros polos que estão no Centro de Recuperação de Tucuruí serão transferidos. De acordo com a juíza, os processos dos detentos estão sendo revistos e as prisões preventivas podem ser substituídas por medidas cautelares, principalmente, nos delitos menos graves e naqueles que não são reincidentes.

 

A expectativa é que a construção do novo presídio no município, seja concluída ainda este ano. A reportagem procurou a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará para comentar sobre a decisão judicial, mas não teve retorno.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique