Maioria das denúncias ao Disque 100 são de crimes contra a crianças e adolescentes

02:17 Direitos Humanos, Notícias 12/11/2019 - 16h54 Brasília Embed

Daniel Costa

O número de denúncias recebidas pelo Disque 100 aumentou mais de 19% de janeiro a junho deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado.

 

De acordo com balanço divulgado esta semana pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, foram atendidas mais de 125 mil pessoas no primeiro semestre de 2019.

 

O Disque 100 registra denúncias de crimes contra pessoas consideradas mais vulneráveis.

 

A maior parte das ligações registradas pelo canal foi de crimes contra a criança e o adolescente, com mais de 45 mil denúncias.

 

Das violações registradas, o abuso e a exploração sexual foram as mais denunciadas. Na maior parte dos casos, as vítimas tinham entre quatro e onze anos de idade.

 

O número de denúncias de violações contra a pessoa idosa também foi alto, com mais de 21 mil ligações. Para este grupo, a maior parte dos casos foi de negligência em alimentação, em amparo e responsabilização e em limpeza e higiene.

 

Já os casos de violência contra pessoas com deficiência diminuíram quase 50%. Este ano o canal registrou cerca de seis mil casos. Das denúncias registradas, a maioria foi de negligência e violência física e psicológica.

 

Nos casos de violações contra pessoas em restrição de liberdade, como os presidiários, a ouvidoria registrou um aumento de mais de 27% em relação a 2018, com mais de duas mil denúncias. A violência institucional, a negligência e a violência física foram os casos mais denunciados.

 

Segundo o balanço, os casos de intolerância racial e contra pessoas LGBT foram os menos recorrentes. Com 198 e 513 denúncias respectivamente.

 

Por fim, a ouvidoria recebeu quase duas mil denúncias classificadas como “outras violações”. A categoria inclui crimes como violência policial, tortura, xenofobia, tráfico de pessoas e outras violações que não possuem público específico.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique