Prefeitura de Belém e Acnur fecham acordo de cooperação para apoio a venezuelanos

01:13 Direitos Humanos, Notícias 21/11/2019 - 08h24 Brasília Embed

Gésio Passos

Com a crescente chegada de refugiados venezuelanos em Belém, no Pará, a prefeitura municipal e a ACNUR - Agência da ONU para Refugiados – assinaram um convênio esta semana para ampliar a assistência e o atendimento aos imigrantes.

 

Belém é a cidade paraense que mais recebeu venezuelanos.

 

Atualmente, 450 refugiados indígenas da etnia Warao estão vivendo na cidade e são atendidos pelo governo municipal.

 

A prefeitura da capital paraense e a ACNUR já atuando juntas desde o início do ano com abrigamento, saúde e educação.

 

O novo termo de parceria permitirá apoio técnico nos abrigamentos e o desenvolvimento de projetos de políticas públicas e de proteção para os imigrantes.

 

Além disso, o acordo permitirá parceria para aprimorar a gestão de dados e a produção de materiais informativos.

 

Segundo a gestão municipal, uma das alternativas desenvolvidas com o organismo internacional será na área de subsistência e fonte de renda para os refugiados, com aprimoramento do artesanato pelos indígenas.

 

A prefeitura ainda informa que aguarda repasse de recursos federais para a construção de um grande abrigo, nos moldes do construído em Pacaraima, em Roraima.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique