Cartilha orientará idoso a conhecer melhor seus direitos

02:34 Direitos Humanos, Notícias 12/12/2019 - 18h08 Brasília Embed

Larissa Abreu

Os idosos que moram em Instituições de Longa Permanência, as ILPI, também conhecidas como casas de repouso vão ter agora uma cartilha, com orientações sobre os seus direitos.

 

A iniciativa é do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e foi divulgada nesta semana.

 

A “Cartilha Solidarize-se” tem como objetivo esclarecer dúvidas da sociedade em geral sobre os direitos assegurados às pessoas com igual ou maior idade que 60 anos, que vivem nesses locais.

 

O material é baseado no Estatuto do Idoso e responde a questões como abandono afetivo por parte dos familiares e condições básicas para inserir um idoso nas ILPIs. Também apresenta atividades que podem contribuir para manter o vínculo do idoso com a família.

 

Segundo Antônio Costa, secretário nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, neste ano foram constatadas diversas irregularidades em unidades de permanência. Entre elas, a falta de manutenção e de alvará de funcionamento.

 

Para o secretário, a cartilha servirá ainda como ferramenta de fiscalização dessas instituições, para promover a melhoria dos serviços prestados.

 

A "Cartilha Solidarize-se" está disponível no portal do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos na internet. O endereço é mdh.gov.br.

 

De acordo com dados do IBGE , o Brasil tem mais de 28 milhões de idosos. O número representa cerca de 13% da população brasileira.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique