Trocando em Miúdo: Internet móvel cresce no Brasil

04:15 Economia, Programetes 06/07/2015 - 02h00 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Consumo de internet móvel é o que mais cresce no Brasil. Não é a toa que gente vê, cada vez mais, uma porção de gente sem conversar com ninguém, só com o tal de smartphone, celular é coisa do passado, fila na frente do orelhão ninguém mais nem se lembra. Pois então vamos falar sobre isso.

 

A constatação é da pesquisa feita no Brasil pela PwC, que atua em 157 países, sobre gastos, tanto do consumidor quanto da publicidade, em midia e entretenimento, que movimentou, em 2014, mais de 42 bilhões de dólares, sendo 13 só na Internet, com o seguinte detalhe. Em cinco anos, haverá 148 milhões de assinantes brasileiros de internet móvel. 

 

Só lembrando que o acesso à internet pelos telefones móveis é 2,3 vezes mais do que no fixo. Antes de passar para o que isto representa, em termos de dinheiro, publicidade e tudo, é bom lembrar outro fato. Não é a toa que, por conta da internet móvel, mais acessível, todas as classes sociais estão cada vez mais ligadas com todo mundo nesta tal de redes sociais.

 

Então, vamos falar de dinheiro. Primeiro, o cidadão diz que confia mais no conteúdo de jornais e rádios. Segundo, que paga para ter acesso à internet, ou aceita que tenha publicidade, desde que tenha conteúdo do gosto dele. E isto determina onde os anunciantes estão colocando mais dinheiro.

 

De qualquer forma, não custa nada a gente lembrar que, mesmo com este sucesso todo das redes móveis de ipod, ipad, smarts e tal, é a televisão aberta que continua pegando a maior parte do bolo publicitário hoje em dia. Mais da metade.

 

Só adiantando que a televisão paga, a cabo ou satélite, ou a online, pela internet, começa a ganhar terreno da publicidade, a gente soube nesta pesquisa feita pela PwC. Mídia e entretenimento. Uma coisinha que vai movimentar, em 2019, no mundo todo, 2 trilhões e 230 bilhões de dólares. Dá a mixaria de 7 trilhões de reais.

 

Trocando em Miúdo: Programete sobre temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É publicado de segunda a sexta-feira.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique