Crise nas finanças leva governo do Rio a decretar estado de calamidade

00:58 Economia, Notícias 17/06/2016 - 18h57 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

O governo do Rio de Janeiro decretou nesta sexta-feira (17) estado de calamidade pública da administração financeira do estado. A medida foi adotada pelo governador em exercício, Francisco Dornelles, por causa da grave crise econômica e a impossibilidade do estado de honrar os compromissos assumidos para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

 

De acordo com o decreto publicado pelo governo, o Rio de Janeiro sofre severas dificuldades na prestação de serviços públicos essenciais que podem levar ao total colapso de áreas como segurança pública, saúde e educação. No decreto, o governo autoriza as autoridades a adotar medidas excepcionais necessárias à racionalização dos serviços para a realização das Olimpíadas.

 

Procurado pela reportagem, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro Jorge Picciani não quis comentar a notícia. O Tribunal de Justiça informou em nota que está acompanhando a grave crise financeira do Estado, mas não irá se pronunciar sobre a decisão.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique