Moedas olímpicas alegram colecionadores mas dificultam o troco

02:30 Economia, Notícias 01/08/2016 - 08h51 Brasília Embed

Kariane Costa

Moedas de R$1!  Talvez você até não tenha reparado, mas o Banco Central colocou em circulação 250 milhões dessas moedas. O que elas têm de diferente?

 

São moedas comemorativas dos Jogos Olímpicos Rio 2016. No anverso, ao invés da tradicional Efígie da República, 17 imagens diferentes de modalidades da Olimpíada e Paralimpíada.

 

Boxe, natação paralímpica, o “Vinicius e Tom” - que são os mascotes dos Jogos Rio 2016 - voleibol, atletismo paralímpico, judô e outros esportes, e a  moeda mais cobiçada: a da bandeira olímpica, que no Banco Central já está esgotada.

 

O coordenador de equipe Michel Leão entrou na onda dos colecionadores. Ele conta que começou com um hobby, mas reclama que é difícil completar a série.

 

Mas, se a coleção alegra os garimpadores de série histórica, a novidade tem feito sumir as moedas de R$1 do comércio do Distrito Federal. O vendedor Railan Santos conta que a dificuldade é na hora do troco. Segundo ele, isso já era uma tarefa  difícil mesmo antes das moedas comemorativas.

 

Moedas comemorativas de R$5 e R$10, apenas para colecionadores, também foram lançadas pelo Banco Central. Nelas, imagens da Tocha Olímpica, o sambódromo e até o ritmo forró estão ilustrados.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique