Trocando em Miúdo: Você sabe a diferença entre estar endividado e ser inadimplente?

04:36 Economia, Programetes 29/05/2017 - 01h50 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Neste maio, estou de férias em Berlim, Alemanha. Mas este Trocando em Miúdo, de 2 de março do ano passado, vale a pena ouvir de novo. Vamos nessa?

 

Pesquisa feita pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC-Brasil) e a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) mostra que 80% dos consumidores brasileiros não sabem direito o que é mesmo uma pessoa estar endividada.

 

Chega a assustar o grau de desinformação do brasileiro na hora em que se vê, de repente, mas por culpa dele, uma pessoa endividada.

 

Pior ainda se fica com o nome sujo, porque tem diferença entre estar endividado e estar inadimplente. A economista-chefe do SPC-Brasil, Marcela Kawauti, diz que a inadimplência começa no primeiro dia de atraso, quando o nome já pode ser registrado no SPC.

 

Mas vamos voltar à pesquisa pra explicar o que é uma pessoa endividada. Marcela Kawauti nos explica: é aquela pessoa que tem parcelas de compras ou empréstimos a vencer, prestações que precisam ser pagas nos próximos meses.

 

E como é que fica a situação da pessoa que, além de endividada, passou a inadimplente? Ou seja, não está pagando as contas em dia. A pesquisa mostra que 53% admitem que já atrasaram o pagamento do cartão de crédito e até a conta de luz.

 

Mas diz o bom-senso que isso tem que mudar, não é mesmo? A economista-chefe do SPC-Brasil diz que nove em cada dez pessoas que tiveram problema com nome sujo mudaram, pelo menos, uma das atitudes relacionadas à vida financeira. A principal mudança foi começar a controlar todos os gastos. Em segundo lugar, é o consumidor pensar bem antes de comprar e evitar o uso do cartão.

 

E para terminar a prosa, o conselho é um só. Pensar muito antes de fazer uma compra parcelada. E anotar, acompanhar para não acumular com outras prestações.

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Programete sobre temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique