ANS suspende 38 planos de saúde devido a queixas de usuários

01:13 Economia, Notícias 09/06/2017 - 10h59 Brasília Embed

Dayana Vítor

A partir desta sexta-feira (9), 38 planos de saúde de 14 operadoras, entre elas Geap, Unimed, Caixa, Banco do Brasil, não podem mais ser comercializados em todo o Brasil.

 

A medida foi tomada devido as queixas recebidas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no primeiro trimestre deste ano, sobre a cobertura, demora ou negativa de atendimento desses planos.


No período de 1º de janeiro deste ano até o dia 31 de março, a ANS recebeu mais de 12,3 mil reclamações de natureza assistencial dos planos suspensos. No entanto, mais de 88% das queixas foram resolvidas pela ANS, o que garantiu a solução do problema a esses consumidores.

 

Quase 740 mil beneficiários dos planos suspensos têm garantida a assistência médica necessária até que as operadas resolvam seus problemas.

 

Além da suspensão, outras seis operadoras poderão voltar a comercializar 30 produtos que estavam impedidos de serem vendidos. Isso vai ocorrer porque elas comprovaram melhoria no atendimento aos beneficiários.