Trocando em Miúdo: Confira em que ponto estão as discussões sobre o Plano de Saúde Popular

03:57 Economia, Programetes 14/06/2017 - 02h43 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

Como prometido ontem, está aqui. Descobri onde está aquele Plano de Saúde Popular, como foi chamado quando foi anunciado pelo governo no final do ano passado. A ideia básica é ter um plano de saúde bem barato, mas que atenda no básico, pelo menos. Foi discutido, à época, no Ministério da Saúde, que chamou os representantes interessados: médicos, empresas de saúde e consumidores. Vamos nessa.


Vamos logo ao que interessa. Perguntando para uma pessoa que, aliás, participou das reuniões públicas, no Ministério da Saúde, no começo do ano. Coordenadora institucional da Proteste – Associação dos Consumidores, Maria Indês Dolci. Cadê o Plano Popular de Saúde sô?

 

Na época, antes de ir para análise da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o tal do Plano Básico de Saúde, o Popular, como chegou a ser chamado, na verdade suscitou algumas dúvidas. Por exemplo, se vai ser o mais barato possível, qual o tipo de serviços de saúde que vai oferecer em troca? Se for muito pouco, a pessoa continua dependendo do SUS. Dos hospitais públicos. De qualquer forma, agora volta para discussão pública.

 

Maria Inês Dolci, no seu entendimento, quais são as dificuldades se ficar do jeito como se pensa que vai ficar este plano básico?

 

Só para terminar a prosa. Primeiro, vamos acompanhar de perto e trazer aqui tão logo haja alguma coisa. Além disso, a ANS fez uma primeira análise técnica, agora vai ouvir os representantes e, depois, vai mandar a proposta de volta para o Ministério da Saúde. Daí, cabe ao governo federal decidir de vez.

 

Então tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique