Maggi busca retomar exportação de carne aos EUA em reuniões nesta segunda em Washington

02:00 Economia, Notícias 16/07/2017 - 11h17 Brasília Embed

Márcia Wonghon

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, participa nesta segunda-feira (17), em Washington, de reuniões com representantes do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.


Maggi vai prestar esclarecimentos, na tentativa da retomada das exportações de carne bovina in natura, suspensas pelo país, no final de junho.


A decisão dos EUA foi tomada após a identificação de produto com vestígio de reações decorrentes da vacina contra a febre aftosa, devido à preocupação com a segurança.


Luiz José Terron, diretor do Núcleo do Agronegócio da Escola Superior de Propaganda e Marketing, defende a instalação de comitês de prevenção de crise no agronegócio para evitar este tipo de problema.

 

O Brasil exporta para os Estados Unidos a parte dianteira do boi inteira, local onde o gado recebe a vacina contra a aftosa. Mesmo que não apareça, alguma inflamação pode ser detectada quando a peça é cortada, mas não oferece riscos a saúde do consumidor.

 

Para resolver o problema, o ministério determinou que os frigoríficos brasileiros passem a exportar para os Estados Unidos carnes in natura de cortes dianteiros, apenas na forma de recortes, cubos, iscas ou tiras. Com isso, seriam retiradas as partes inflamadas.