Para o BNDES pior da crise econômica ficou para trás

01:05 Economia, Notícias 19/07/2017 - 08h32 Brasília Embed

Danyele Soares

O superintendente da Área de Planejamento e Pesquisa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Fabio Giambiagi, disse nessa terça-feira (18) que, após chegar “ao fundo do poço”, a economia brasileira dá sinais de melhora e que o “pior já passou”.


“Neste sentido que me referi à expressão fundo do poço, que espero, seja algo que estejamos deixando para trás. Acho que há elementos que permitem afirmar que o pior já passou”, disse Giambiagi após a divulgação do desempenho operacional do BNDES no primeiro semestre, na sede do banco.


O analista ressaltou que no triênio 2014/2016 a economia brasileira registrou sua pior crise econômica, mas disse que os indicadores mais recentes mostram uma tendência de estabilização, que no futuro poderá ser vista como o início da recuperação.


Giambiagi destacou os efeitos da crise política sobre os dados econômicos, sobre os indicadores do mercado financeiro nos últimos meses, especialmente de câmbio e juros, mas também avaliou que o cenário atual é de tendência à acomodação.

 

Confira os detalhes na matéria de Danyele Soares.

 

* A participação da repórter foi ao vivo.