Trocando em Miúdo: Cresce no país número de vendas pela internet

03:40 Economia, Programetes 20/07/2017 - 02h00 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã! 


Quem já não comprou pela internet, pagou, parcelou, recebeu, tudo sem sair de casa, na comodidade, com direito a devolução, se for o caso. Mas acontece que nem sempre sai tudo 100%. 


Por isso, a prosa desta quinta-feira (20) em cima da pesquisa feita pelo SPC Brasil – Serviço de Proteção de Crédito, detalhada aqui pela economista-chefe, Marcela Kawauti. Começando pela parte boa que é poder pesquisar muito antes da compra, principalmente no quesito melhor preço. 


Então, vamos lá. Estamos ainda na crise econômica. Muita gente endividada, pouco crédito e menos dinheiro para compras no chamado varejo. É a hora do aperto. Mas acontece que as compras pela internet, ao contrário, estão subindo. Coisa acima dos 40%. Como é que pode, Marcela Kawauti? 


A pesquisa do SPC aponta que 99% dos que compram pela internet garantem que sempre pesquisam antes e que 88% só compram se tiverem desconto ou promoção.


Mas tem o seguinte, até para não parecer que a gente está falando que comprar pela internet é tudo mil maravilhas. Tem que ficar de olho aberto, prestar atenção, conhecer a empresa e o que mais economista-chefe da SPC Brasil? 


Fechando a prosa. Pela pesquisa, 51% aproveitaram a promoção mas se arriscaram comprando em páginas desconhecidas da internet, sem segurança. Isso representa um tremendo risco. 


Obrigado Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil – Serviço de Proteção ao Crédito e até outro dia. 


Então, tá. 


Inté e axé.

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional.

Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique