Trocando em Miúdo: Já levou os colegas de seu filho à escola? O nome disso é economia compartilhada

04:17 Economia, Programetes 18/08/2017 - 01h52 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.


Está na moda, de uns tempos para cá, falar numa de tal de economia compartilhada, que permite o consumo colaborativo. Aposto que a pessoa aí já fez isso alguma vez na vida ou até está fazendo sem saber que isto tem um nome bonito e que faz bem. Consumo colaborativo. Vamos nessa!

 

Pois então. Se a pessoa aí já dividiu o carro com o vizinho para levar os filhos para a escola, se já pegou carona, se ficou na casa de um conhecido nas férias, então, já fez consumo colaborativo dentro de uma economia compartilhada. Vamos direto para a prosa com o educador financeiro do SPC, Serviço de Proteção ao Crédito, professor José Vignolli. Na verdade, está virando moda, né?

 

Hoje, na verdade, está mais fácil para a pessoa escolher onde comprar, onde ficar nas férias e tal, por causa de uma coisa chamada internet, que mudou muitos hábitos na economia, não é mesmo professor José Vignolli?

 

Mas vamos para algumas dúvidas ou mesmo cuidados que precisam ser tomados nesse tal de economia compartilhada. Eu falo de quando acerto com uma pessoa desconhecida para alugar a casa dela durante as férias ou mesmo para dividir o carro no mesmo trajeto. Não é perigoso não, professor?

 

Outro exemplo, professor José Vignolli, educador financeiro, que é bom lembrar aqui: é antigo, mas as pessoas costumavam fazer, na época em que a gente tinha inflação acima de 40% no mês. Isso mesmo, ao mês! Daí, famílias se juntavam e uma pessoa ia, uma vez por semana, geralmente nos Ceasas, fazer as compras de todo o mundo, o que saía mais barato. Serve de exemplo, né?

 

De qualquer forma, é parecido com que muita gente faz hoje em dia, até para ficar mais barato, que é se juntar e, cada dia, um pai ou mãe leva as crianças vizinhas para a escola, sem ter que pagar a van escolar. Isto é consumo compartilhado numa economia colaborativa.


Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.