Trocando em Miúdo: O desafio de fazer uma reforma tributária justa para todos

04:39 Economia, Programetes 22/08/2017 - 01h45 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

Reforma tributária. O relator do projeto diz que entrega a proposta nesta terça-feira (22). É uma coisa complicada porque, pra começo de prosa, os deputados precisam aprovar pelo menos outros 11 projetos interligados ao assunto. Isso além da proposta de emenda à Constituição, mais conhecida por PEC. Vamos nessa.

 

Pela ordem. Primeiro, como é feita, em resumo, a cobrança de impostos hoje no Brasil. Em resumo, porque são vários deles. Mas são três as vertentes, lembra o advogado especializado em direito tributário, Jacques Veloso de Melo.

 

Vamos em frente. Na verdade, a ideia de reforma tributária, agora, está toda concentrada em três tipos de impostos, confirma o relator da Comissão Especial da Reforma Tributária, deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR).


Então, tem o tal de IVA. Imposto único sobre o consumo. Retira alguns e funde com o IVA. Alguns saem dos estados e vão para o município. Outros continuam na área federal. Mas, aí, a gente se lembra de uma ideia antiga de acabar com dez impostos e, no lugar deles, criar um só. Doutor Jacques Veloso de Melo, esta reforma tributária tão falada chega a tanto?

 

Vamos, então, para a discussão principal entre os deputados que, no fundo, independentemente dos partidos, representam seus estados e municípios. É que a reclamação é mais antiga. Dizem que o governo federal recolhe os impostos e, na hora da distribuição, fica com a parte maior. É por aí doutor Veloso?

 

Então, com a palavra o relator da reforma tributária, deputado Hauly. Qual é a ideia da redistribuição dos impostos recolhidos que está nesta reforma?

 

Uma perguntinha rápida, deputado. E os pobres? No fundo, proporcionalmente aos salários deles, eles acabam pagando mais. Não no total, mas no particular. Tem isso, né?

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.