Trocando em Miúdo: Passagem de avião ficou mais barata depois da cobrança da bagagem? Ouça

05:25 Economia, Programetes 28/09/2017 - 02h26 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã

 

A prosa de hoje tem a ver com três coisas, mas, na verdade, fica numa só, que é a dificuldade na hora de viajar de avião e estamos falando principalmente dos preços das passagens. Afinal, depois das novas regras das bagagens, o preço caiu ou não caiu? Vamos nessa!


Pois então me acompanhe nesta viagem. Primeiro, teve a Associação Brasileira das Empresas Aéreas. Divulgou um estudo garantindo que os preços das passagens de avião caíram e muito. Do outro lado, na mesma hora, o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor, do Ministério da Justiça, contra-atacou no ato: “É mentira! Muito suspeito! Vamos investigar isso.”


Então, vamos para a terceira parte desta prosa. O consumidor que vai até a internet, quase todo mundo hoje faz isso, para comprar uma passagem de avião a bom preço, na verdade, acaba comprando uma coisa, pagando pela outra, sem saber de fato o que está acontecendo.


Quem fala é a vice-presidente da Proteste – Associação de Consumidores, Maria Inês Dolci. Por isso, vamos continuar a prosa com ela, que sofreu na pele na última viagem que fez. Não tinha lugar para a bagagem de mão, mandaram para o porão. Na hora de receber, estava faltando coisas de valor. Começando por aí. A empresa, lógico, diz que não tem nada a ver com o roubo, nesses casos.

 

No caso de bagagem despachada, pelo menos tem como registrar objetos de valor já no check-in. Aliás, tem muito passageiro que não sabe disso. É importante.

 

Maria Inês Dolci, passagem mais barata, mas tem que pagar por tudo que passa a ser extra. Bagagem no porão, lanche, escolher o assento. Daqui a pouco vai pagar até para olhar pela janela, né?

 

Voltando para a bagagem de mão que, em princípio, cada passageiro pode levar, de graça, para dentro do avião, desde que tenha lugar para ajeitar, em cima ou embaixo da poltrona. Dá direito a que esse direito de bagagem de mão?

 

Só para terminar a prosa porque o avião vai subir. Mesmo em viagens internacionais já estão cobrando por bagagem despachada, não é mesmo? Boa viagem. Com ou sem bagagem.

Então, tá. Inté e axé.