Prévia da inflação acumulada no ano é a menor para novembro desde 1998

01:55 Economia, Notícias 23/11/2017 - 12h56 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

A prévia da inflação oficial do país para este mês de novembro ficou em 0,32%, conforme divulgou, nesta quinta-feira (23), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) teve uma leve redução frente à taxa de outubro, que ficou em 0,34%. A taxa acumulada no ano é de 2,58%, menos da metade dos 6,38% registrados no mesmo período do ano passado.

 

Segundo o IBGE, esta taxa é a menor para um mês de novembro, desde 1998, quando ficou em 1,52%.

 

Já o IPCA-15 acumulado nos últimos 12 meses ficou em 2,77%, acima dos 2,71% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em novembro de 2016, o IPCA-15 foi de 0,26 %.


A energia elétrica, com variação de 4,42%, foi o item com maior impacto individual na taxa de novembro deste ano. O aumento nas contas de luz respondeu pela metade do IPCA-15.

 

O aumento do preço do botijão de gás também teve forte contribuição para a composição da prévia da inflação de novembro, com alta de 3,30%.


Nos índices regionais, a maior taxa do IPCA-15 de novembro foi registrada em Goiânia. As duas quedas aconteceram em Salvador e Fortaleza.


O indicador refere-se a famílias com rendimento de 1 a 40 salários mínimos e abrange as regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador e Curitiba, além de Brasília e Goiânia.