Quase 40% dos consumidores com idade entre 18 e 95 anos estão inadimplentes

01:40 Economia, Notícias 13/11/2017 - 14h50 Brasilia Embed

Graziele Bezerra

Depois de 7 quedas consecutivas, o número de consumidores com contas em atraso no Brasil aumentou 0,20 por cento, no último mês, em comparação com o mesmo período do ano passado.

 

Dados da SPC Brasil e da Câmara Nacional de Dirigentes Logistas apontam que 59 milhões de brasileiros estão com o nome negativado, e fecharam o mês com alguma conta em atraso e com o CPF restrito para contratar crédito ou fazer compras parceladas.

 

O número representa 39% da população com idade entre 18 e 95 anos.

 

A maioria desses consumidores, mais de 24 milhões, vivem na Região Sudeste. Em seguida está o Nordeste, que conta com 16 milhões de negativados, o que corresponde a 41% da população.


Em terceiro lugar está o Sul, com 8 milhões de inadimplentes. As regiões Norte e Centro Oeste aparecem no fim da lista e somam cerca de 10 milhões de devedores.

 

O estudo mostra ainda que os brasileiros estão deixando de pagar contas essenciais como água e luz. A dívida com esse setor cresceu 5,93%. Mas os bancos continuam sendo os maiores credores do total de dívidas em atraso no país, concentrando 48% do total.

 

Em seguida está o setor de comércio, com 19% das dívidas.

 

A pesquisa ouviu consumidores de todas as regiões brasileiras.