Salada do brasileiro fica mais cara em alguns estados; batata sobe 90% no PR e em GO

01:34 Economia, Notícias 21/11/2017 - 15h01 Brasília Embed

Paula de Castro

Preparar a salada ficou mais caro em outubro. O preço das hortaliças sofreu uma elevação, no último mês, com destaque para a batata e a cenoura, de acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


A batata, que apresentou quedas nas cotações de setembro, sofreu 90% de aumento no mês passado em Goiás e no Paraná.


A leguminosa também ficou mais cara no Distrito Federal, no Rio de Janeiro, no Espírito Santo e em São Paulo.


O preço da cenoura também sofreu variação. Houve reajuste de preços no Espírito Santo, Distrito Federal, Paraná e em Goiás.


Para a alta dos preços existe uma explicação: a diminuição na oferta da safra de inverno.


Por outro lado, as frutas ficaram mais baratas. O mamão, que estava com o preço mais elevado em setembro, recuou 44% em Goiás e 23% em Minas Gerais. A oferta foi maior das espécies de mamão papaya mineiro, baiano e capixaba.


Segundo a Conab, a banana também ficou mais barata nos mercados atacadistas após os meses de agosto e setembro terem sido de cotações estáveis.


Em Minas, a fruta ficou 17% mais barata, seguida pelas quedas do preço da fruta em Pernambuco, em Goiás e no Espírito Santo.


Para quem já está pensando nas ceias de fim de ano, a notícia é que o preço das frutas tradicionalmente consumidas nesse período como o pêssego, a ameixa e o damasco começou a baixar. O pêssego, por exemplo, já está 54% mais barato.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique