Trocando em Miúdo: Lei que criou os serviços de atendimento ao consumidor (SAC) completa 9 anos

03:51 Economia, Programetes 04/12/2017 - 08h21 Brasília Embed

Apresentação Eduardo Mamcasz

Olá, prezada pessoa ouvinte cidadã.

 

SAC. Serviço de Atendimento ao Cidadão. Presencial, pelo telefone ou online. Tem nove anos que foi criado por lei. Agora, a pergunta. Funciona? Vamos nessa.

 

Direto para quem acompanha o assunto de perto nesse tempo todo. O SAC existe para os chamados serviços regulados. Tipo banco, saúde e tal. Era para permitir um atendimento mais rápido. Com tempo marcado para ser atendido. E receber a resposta. Para casos de reclamação ou mesmo de sugestão. Então, pergunto direto para a vice-presidente da Proteste – Associação de Consumidores. Está tudo bem com o Serviço de Atendimento ao Consumidor?

 

Vamos em frente com a prosa porque tem gente ouvindo. Tempo bom quando a gente ainda podia fazer a reclamação no próprio posto, no chamado atendimento presencial, né mesmo?

 

Outra coisa, vice-presidente da Proteste. Aquela exigência na norma e no Código do Consumidor, de que a empresa tem que atender, pelo telefone, em até um minuto, virou piada, né?

 

Está na hora de mudar alguma coisa. Por exemplo, o que?

 

Terminando a prosa. E sobre a demora em ter uma solução, uma resposta, uma solução para o acontecido. Tem como mudar isso?

 

Então, tá. Inté e axé.

 

 

Trocando em Miúdo: Quadro do programa "Em Conta", da Rádio Nacional da Amazônia. Aborda temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É distribuído em formato de programete, de segunda a sexta-feira, pela Radioagência Nacional. Acesse aqui as edições anteriores.